Thursday, December 14, 2006

Sad hour!

Significado de confraternizar:"conviver fraternalmente;
manter relações como as que devem existir entre irmãos;
ter sentimentos, opiniões ou crenças iguais às de outrem".
Quantos e-mails de happy hour você já recebeu? Quantas vezes você foi chamado para almoços de confraternização? Quantos amigos e parentes, que você não vê há séculos, pretendem te enfiar em um amigo secreto? Quantas vezes você já se odiou por ter dito "sim! eu quero tirar amigo secreto", lêia-se "amigo" e não inimigo. Se você respondeu sim, à todas as perguntas, cuidado. Você também está passando pela síndrome da confraternização. Nome científico: síndrome CUnfraternização.
Dá impressão que todo final de ano vai acontecer algumas coisa. A Terra vai explodir. O sistema solar vai engolir a Terra. O buraco da camada de ozônio aumentará em trocentas vezes e viraremos churrasquinhos. E por isso tudo: confraternize-se com o próximo. "Você já se confraternizou hoje?". As comemorações exacerbadas tomam uma proporção na sua vida que ao invés de você ficar feliz porque o ano está acabando, seu stress aumenta.
Já não sou lá muito sociável. Odeio forçar a barra. Ser amiguinho por causa do natal. E tem coisa mais irritante que aquelas milhões de mensagens natalinas com frases clichês? As pessoas se abraçam, desejam que seus sonhos se realizem, desejam muita luz na sua vida. Só que aí o ano começa e os desejos mudam. A luz vai diminuindo e os sonhos então...Sem querer ser chata com essas datas festivas, mas cansa, cansa!
Ainda bem que não participei de nenhuma amigo secreto esse ano. Economizei, deixei de ganhar o "maravilhoso" presentinho e não passei vergonha alheia. Alías V.A. (vergonha alheia) é um dos sintemas da síndrome Cunfraternização. Nos últimos dias do ano as pessoas sentem uma vontade tremenda de fazer piadinhas de tudo, pagar micos em festas da empresa, beber e encher o saco dos outros com o bafo alcóolico, se achar o mais engraçadão da turma, mesmo sendo o mais babaca, tirar fotos estranhas de você palitando os dentes ou tirando aquela carninha do dente e depois disponibilizar na rede para todos os seus coleguinhas de trabalho darem uma olhada nas suas habilidades. Enfim, é V.A. pura.
Bom seria se as pessoas fossem mais normal em épocas como essas. Cansa tanta confraternização. Não sou fria, nem calculista, só sou realista. Se o final de ano chegou, diga não ao happy hour!